Empreendendo Arte

Em primeiro lugar achei incrível o que ocorreu no último ano em termos de quantidade de incentivos na área cultural. Porém 2 coisas a considerar: os Programas da Funarte são baseados no modelo de premiação. Você entrega o seu proj e torce pra cair nas graças dos critérios dos jurados. O projeto inscrito não recebe o prêmio em questão. O mesmo projeto é enviado à organismos exteriores e por estes subvencionados. Claro, cada um tem seu critério.. Mas não seria interessante começar a se discutir este modelo de prêmio e talvez considerar que, projetos bons são projetos que realizam sonhos e inspiram outros mais? E por fim, que isso vai muiiiito além da ideia de que o artista é artigo raro, o qual merece ser premiado, enquanto ao resto cabe buscar certa  genialidade pra sobreviver num sistema como tal?

Uma discussão sobre a natureza e condição do artista seria interessante, para que pudessemos humanizá-lo, e assim aproximá-lo da sociedade. O que em curto prazo, creio, significaria aproximar a sociedade do viéis artístico que habita cada um de nós, suas unidades adormecidas. Por que artista é o ser humano, ciente de suas propriedades.

Completando o raciocínio. O movimento aqui é de ebulição cultural rumo a maioridade empreendedora. Isso sim é oportunidade! Se bem alicersada numa filosofia, não de adequação ao sistema, mas ao contrário,  o sistema adequando-se as realidades pessoais – sendo assim verdadeiros parceiros na construção das mesmas. O que poderia-se dizer de um sistema como esse que torna possível e dignifica a nossa humanidade?

A amplitude de conhecimentos é bemvinda. Mas passar a vida literalmente dividido entre empreender e desenvolver projetos é muiiito desgastante. Pra quem começa é ‘o’ caminho pra entender o próprio negócio, mas eu falo de quem já está há mais de  década na estrada.

O que me parece realmente diferenciado é observar o surgimento de produtoras culturais para a gestão, enquadramento e captação de recursos. O artista precisa destes parceiros pra poder se dedicar com qualidade aos seus projetos. Naturalmente isso não quer dizer que vai ignorar os tramites, bom já deixei claro acima. O que digo é que as parcerias são o ‘x’ da questão que nos permite avançar com qualidade e ciência, da onde estamos e podemos chegar.

Anúncios

Tags: , , ,

3 Respostas to “Empreendendo Arte”

  1. Wendell Says:

    Muito bom Andrea!
    Creio que a sociedade como um todo está muito distante de entender a arte dessa forma. Infelizmente. Mas é assim que começamos a gritar e espalhar. Apoio completamente.

  2. Andreaha San Says:

    Oi Wendell!É andei participando do Rio Criativo e os grupos de empreendedores culturais estão bombando, com projetos muito legais! Mas, eu acho, possuem uma ideia esquisita de que o artista ‘tem que’ aprender a ser empresário coisa e tal..

    Isso me soa aquela história dos empresários querendo que designer faça programação, banco de dados, conserte o encanamento e cuide do almoço dos funcionários.

    Uma mania de tratar artista pelos extremos, ou somos deuses distantes ou faz-tudo-à-mão.

  3. Wendell Says:

    É Andrea… é a idéia do capitalismo chegando até em áreas onde mais se ‘luta’ pela crítica contra a ela. Precisamo de sustento e isso tem feito que nos tornemos agentes cada vez mais ativos das formas de prover esse ‘sustento’, que não acontece de outra maneira se não através da comercialização.
    Nosso papel fica, cada vez mais, importante para tentar questionar tudo. Inclusive os incentivos à cultura.
    Soa estranho sim, e pode soar cada vez mais errado.
    Acho que a melhor maneira de resposta, talvez, seja através da arte mesmo. A arte realista, franca, direta.
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: