Índio turísta e Branco verde

Uma coisa me chamou a atenção nesta Rio+20: os índios fotografando(como turístas), usando copos de plástico, bebendo cerveja, usando óculos de grau.. E o julgamento fácil e rasteiro que fazem dos mesmos.

Não sou purista. Não acho que temos o direito de condená-los pelo afastamento das raízes. Seja o mesmo momentâneo ou definitivo. Nós que, por um lado, roubamos suas terras, e que por outro, também temos raízes que pouco valorizamos. Mas….preferimos inventar culturas. Boas e ruins.. Inclusive a infeliz cultura do preconceito que julga sem conhecer a experiência do outro (isso renderia muito papo, mas meu foco agora é outro).

Curioso foi observar o índio como turísta, invadindo o mundo civilizado, camuflado pela nossa cultura! Que inversão fantástica!

A leitura óbvia é a inversão de posições. Eles – apetrechados de nossa cultura – na contrapartida da discussão que propomos, em prol da sustentabilidade/ economia verde. Mas se aproximaram para se preservarem. Eis que as imagens, os registros comportamentais, nos permitem enxergar que estamos de alguma maneira sim, convergindo para uma cultura diversa. Mas atualmente, esta cultura se manifesta por uma hegemonia em escala global. Ambiguidades…

Estamos convergindo e nos encontramos (no extremo ocidente)a meio caminho de um certo caminho do meio(sabedoria oriental). Possibilidade incrível com a propriedade de nos libertar das posições de ataque ou defesa(guerra e paz), com as quais erguemos a cultura ocidental(hoje global)…

Imagine-se livre das posições extremadas que criam oposições e toda sorte de fanatismo. Onde o drama é o eixo fundamental dessa cultura de atrito. E o nosso sangue o espírito-combustível. Mas esse mundo está afundando.. E a sociedade emerge mais madura(à passos de cágado mas, emerge). Dela depende: o fim do teatro-político, a transformação do cenário terrestre e a emancipação do personagem humano em homem de verdade.

Mas a ambiguidade ainda existe: Gostei e não gostei de ver os índios fantasiados de civilizados. Abri um sorriso instintivo que ainda tô digerindo, mas acho que compreendo o espírito da coisa.

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: