Posts Tagged ‘espiritualidade’

Do avesso, por inteiro

agosto 22, 2009

É preciso virar do avesso pra se conhecer por inteiro.

Que ano difícil! Queria gritar um palavrão.

Mas agora que compreendo um pouquinho das coisas, depois de economizar energia, estou reconduzindo-a, vou colocar a prática nos eixos.

Me aguarde mundo cavernoso, você vai ficar uma gracinha quando lhe der meu jeito.

Queria gritar um bando de palavrões, mas engoli todos. Que ano difícil, quanta inspiração pra tão pouco espaço.

Já me vejo pelas costas e reconheço minha nuca sem jamais tê-la conhecido. Não posso dizer que seja um prazer virar do avesso, mas sem dúvida é muito bom se conhecer por inteiro.

As vezes, como agora, me sinto envergonhada. Tenho vergonha da minha insistente ignorância, por mais que se cresça conhecimento algum parece suficiente. Ou eu sou ainda muito primitiva? Não quero ser ‘muito’ coisa alguma.

Sinto vergonha quando não percebo a oportunidade que sempre existe por trás das dificuldades. É como se fosse presenteada pelo destino e jogasse o mesmo pela janela, ordenando que procure outro otário. Daí a consciência..,uma voz que parece vir de dentro, repete: Não tenho sangue de barata.. não tenho sangue de barata.. não tenho sangue de barata.. Então eu desconfio:  Mais parece mantra dos infernos! Que consciência é essa?

Santa ignorância, me ajuda a fazer sentido e não mais me perder num mundo dividido.

Anúncios

O Vácuo em Pessoa – Novidades

janeiro 3, 2009

Vem muita novidade por aí até meados de 2009.

Por enquanto só posso dizer com certeza que o Globalaio é exatamente isso: um Ser em perspectiva ampliada rumo a integração das Expressões Humanas – exatamente como aponta seu slogan (acima reproduzido, na tarja superior).

Não possuímos qualquer comprometimento com instituições ou modelos de conduta. Somos um movimento rumo à integração humana,  100% predisposto às transformações. Somos também o vácuo em pessoa: Lugar de Identidades – sempre – propício às novas realidades.

O nosso comprometimento é com a dinâmica da Vida. Ou seja, com a transformação em sua  plenitude e resistência maior a toda expressão que já perdeu o sentido e vive por pura tradição. Portanto é natural que o Globalaio se transforme constantemente. Não estamos aqui para instituir, mas para acrescentar, fluir, dar passagem..

Natureza Viva! Modelo Alternado.

A Vida é pura dinâmica.
Se sucumbirmos aos próprios hábitos, ele no engolirá!

Autonomia Criativa e Realidade Virtual.

A sua perspectiva de Vida é Você quem determina!
Você constrói a sua realidade.
É preciso investir no próprio sonho. Tá a fim? Então o procedimento é o seguinte:

Mãos a OBRA! Sugestão:
Mergulhar em quem você É! Reconhecer os próprios limites e potenciais. Compreender os limites dos Outros e com Sabedoria – despreendimento – Desvincular-se dos limites que lhe foram impostos por seus Pais ou patronos e ainda de todo o apego sentimental. Assumir a responsabilidade por si e se desvincular do Passado. Focar no Presente… Trabalhar no Presente…, Realizar o necessário Passo-aPasso, no Presente… Desenvolver Autocontrole orientando os Pensamentos na direção de seus objetivos. Trabalhar o Corpo através da alimentação saudável e de exercícios adequados para liberar energia estagnada. Aprofundar estudos sobre a matemática das Energias na concepção das Formas.

Alinhar o Sentimento ao Pensamento focados no Presente.

Instrumentos para tanto: Meditação (de preferência da linha Ráshuah) + aquele que  o seu Espírito determinar.

E… Feliz 2009!

Faremos uma grande restruturação no site no decorrer deste ano.

2008 serviu de Laboratório. Em 2009 desenvolveremos nossas bases. É ano de intensa produção e muiiita novidade.

A Meditação da Criança Interior

outubro 9, 2008

Elaborei uma série de exercicios e atividades plásticas no período em que ministrava as Oficinas de Arte Em Busca da Criança Interior.

A Meditação da Criança Interior é pura conexão com nosso íntimo, nosso Eu Interior.

Procure um lugar tranquilo, posicione-se sentado como um yogui (com as pernas entrelaçadas) ou deitado de barriga pra cima. Tanto faz : se ficar deitado, que seja reto e relaxado, se ficar sentado, que a posição lhe seja confortável.

Faça o possível para prestar atenção apenas na sua respiração sem desviar o pensamento, mas não se estresse quando o mesmo divagar.

Respire profundamente : Inspire profundamente, retenha o ar nos pulmões até quando puder, expire profundamente e retenha os pulmões vazios até quando puder. Faça este poderoso exercício de respiração pelo menos 10 vezes (ao inspirar, reter, expirar, reter conta 1 vez). Se puder vá além, o limite é 20 vezes.

Ao terminar, continue com a respiração profunda mas agora sem retenções, para encontrar por si o ritmo ideal de relaxamento de seu corpo. 

Oriente seu Pensamento para um evento muito feliz de sua infância, ou se veja brincando com seu brinquedo ou atividade preferida desta época. Mais do que ver, o importante é que você volte a sentir a sensação de prazer e profunda alegria que a sua atividade preferida lhe proporcionava.

Ao acessar este sentimento, desenvolva-o, brinque, se delicie!

A maior parte das pessoas consegue com facilidade alcançar este sentimento de alegria pura e divina que se encontra dentro de cada um de nós. Mas, no caso da pessoa não conseguir acessar o sentimento, não tem problema. Ela deve relaxar e visualizar com riqueza de detalhes, um desejo muito querido ainda não realizado.

Mantenha a respiração profunda – no seu ritmo – e o corpo totalmente relaxado.

obs1: Não se deve colocar impecilho algum para a visualização do desejo, por mais distante que o mesmo pareça estar.

obs2: Quem acessar sua atividade preferidade da infância pode fazer também a visualização do desejo em seguida.

Esta meditação tem o poder de nos aquecer o coração trazendo conforto e alegria. Associada à visualização pormenorizada de um desejo querido, evocado com frequência, pode transformar vidas.

O importante nesta ‘dobradinha’ meditativa é o sentimento de profundo amor através da – consciente – vivência integral do Ser.

Bom proveito!

As 7 Leis Espirituais – Deepak Chopra

julho 19, 2008

1-Leia da Pura Potencialidade: Somos um campo de infinitas possibilidades, que é a essência de nosso verdadeiro ser. Ao entrarmos em contato com esse manancial ilimitado, podemos criar e realizar tudo que precisamos para nossa felicidade.

Dia da semana correspondente: domingo.
Mantra: OM BHAVAM NAMAHA (Eu sou a existência absoluta).
Como incorporá-la em sua vida: para acessar sua verdadeira natureza, cultive momentos de silêncio e quietude. Faça meditação, comungue com a natureza e pratique o não-julgamento: aceite a si mesmo e os outros como são.


2- Lei do Dar e Receber: Estabelece que estamos em constante intercâmbio com o Universo. Dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia que trocamos com o mundo. O dinheiro que ganhamos, nossos relacionamentos, o que damos e recebemos das pessoas são exemplos práticos dessa lei.

Dia da semana correspondente: segunda-feira.
Mantra: OM VARDHANAM NAMHA (Eu troco experiências com o Universo).
Como incorporá-la em sua vida: desenvolva um sentimento de gratidão pelos presentes que a vida lhe dá, pelo pôr-do-sol, pelos amigos, pelo que existe a sua volta. Proponha-se também a dar algo para as pessoas que encontrar: amor, um sorriso, uma palavra amável, um presente.Respire conscientemente. A inspiração e a expiração são exemplos concretos de que doamos e recebemos initerruptamente.


3- Lei do Carma ou da Causa e Efeito: Ensina que devemos estar atentos a nossas escolhas porque nossas ações geram reações equivalente. É a versão hindu do ditado popular: “cada um colhe o que planta”.

Dia da semana correspondente: terça-feira.
Mantra: OM KRIYAM NAMAHA (Minhas ações estão alinhadas com a lei cósmica).
Como incorporá-la em sua vida: preste atenção em suas escolhas. Ouça seu coração e verifique se elas causam conforto ou desconforto. Ao tomar decisões, pergunte-se: “Quais serão as consequências dessa escolha para mim? Como ela afetará os outros?”


4- Lei do Menor Esforço: Baseia-se no princípio da não-resistência. Revela que tudo na natureza flui naturalmente e sem esforço. É assim com o nascer do Sol e o desabrochar de uma flor.

Dia da semana correspondente: quarta-feira.
Mantra: OM DAKSHAM NAMAHA ( Minhas ações alcançam o máximo benefício com o menor esforço).
Como incorporá-la em sua vida: aceite as coisas como são, em vez de impor sua maneira de resolvê-las. Não queira controlar as pessoas e os acontecimentos nem culpe a si mesmo ou os outros pelo que acontece com você. Todo problema é uma oportunidade para transformar sua vida.


5- Lei da Intenção e do Desejo: Parte do pressuposto de que nossos desejos e intenções têm o poder de manifestar o que desejamos. Se queremos que algo cresça e floresça, devemos colocar nele nossa atenção. Se não queremos que aconteça, devemos retirar dele nossa atenção.  

Dia da semana correspondente: quinta-feira.
Mantra: OM RITAM NAMAHA ( Minhas intenções e desejos são apoiados pela inteligência cósmica).
Como incorporá-la em sua vida: faça uma lista de seus principais desejos e reveja-a diariamente antes de dormir. Entregue-os depois para o Universo – ele se encarregará de manifestá-los. Não deixe que dificuldades e obstáculos dissipem seus desejos.


6- Lei do Desapego: Para obter algo na vida, é preciso se desapegar do resultado. Você mantém firmes a intenção e o desejo, mas deixa o resultado nas mãos do Universo. O apego gera ansiedade e é baseado no medo e na insegurança.  

Dia da semana correspondente: sexta-feira.
Mantra: OM ANANDHAM NAMAHA ( Minhas ações são completamente livres e desapegadas de resultados).
Como incorporá-la em sua vida: nãos eja rígido. Acolha as incertezas. Lide com seus medos e inseguranças e cultive a confiança na vida. Inicie cada dia com o sentimento de que ele é um campo fértil para todas as possibilidades. Abra-se a elas.


7- Lei do Dharma ou do Propósito na vida: Todas as pessoas têm um propósito na vida, talentos únicos e uma maneira própria de expressá-los.

Dia da semana correspondente: sábado.
Mantra: OM VARUNAM NAMAHA ( Minha vida está em harmonia com a lei cósmica).
Como incorporá-la em sua vida: faça uma lista de suas habilidades e seus talentos. Isso o ajudará a enxergar melhor seu verdadeiro potencial. Observe as coisas que o deixam feliz e criam harmonia a sua volta. Elas são a expressão de seu dharma e dos seus talentos. Use-os para servir aos outros. Pergunte-se:” Como posso ajudar as pessoas com quem entro em contato?”
 

Anúncio da WebArte Coletiva do Globalaio

junho 24, 2008

Chamada para WebArte Colaborativa

Este é o anúncio que será veiculado a partir de Julho divulgando a 1a WebArte coletiva do site.

Por favor divulguem!